Informativo sobre o período eleitoral

 

Durante o período eleitoral, estarão disponibilizados no Portal apenas os itens relativos à transparência e serviços prestados pelo município. As informações e matérias jornalísticas publicadas no portal foram retiradas temporariamente do ar e retornarão após as eleições, pois, constituem importante fonte de consulta sobre a história da cidade.

Combate à Dengue

Informações sobre a Dengue

Doença transmitida por um mosquito, que ocorre em regiões tropicais e subtropicais.

Mais de 150 mil casos por ano (Brasil)

  • Tratável por um médico
  • Propaga-se por animais ou insetos
  • Requer um diagnóstico médico
  • Frequentemente requer exames laboratoriais ou de imagem
  • Curto prazo: resolve-se dentro de dias a semanas

As pessoas infectadas pelo vírus pela segunda vez correm risco muito maior de desenvolver uma doença grave.

Os sintomas são febre alta e dores nos músculos e nas articulações. Nos casos mais graves, também há sangramentos intensos e estado de choque, que podem ser fatais.

Os tratamentos incluem ingestão de líquidos e analgésicos. Casos graves exigem cuidados hospitalares.

Como é a propagação

Por picadas ou ferroadas de animais ou insetos.

Requer um diagnóstico médico

Os sintomas são febre alta e dores nos músculos e nas articulações. Nos casos mais graves, também há sangramentos intensos e estado de choque, que podem ser fatais.

As pessoas podem ter:

  • Dor local: músculos, abdômen, atrás dos olhos, costas ou ossos
  • Tipos de dor: forte nas articulações
  • No corpo: febre, fadiga, mal-estar, perda de apetite ou suor
  • Também comum: dor de cabeça, erupção vermelha ou náusea

Doença grave: consulte um médico para receber orientação

Fontes: Hospital Israelita A. Einstein e outros

Prevenção:

A melhor atitude é combater os focos de acúmulo de água. Esses locais são propícios para a criação e reprodução do mosquito transmissor da dengue. 

Ajude o Brasil a combater a dengue, veja alguns cuidados importantes: 

  1. Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.
  2. Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
  3. Não jogue lixo em terrenos baldios.
  4. Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.
  5. Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.
  6. Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
  7. Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.
  8. Limpe as calhas com freqüência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.
  9. Lave com freqüência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.
  10. Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com freqüência.
Prefeitura Municipal de Inhapim - Praça Alaíde Quintela Soares, 115, Centro - Inhapim/MG - CEP: 35330-000
Telefone: (33) 3315-1511 (veja outros contatos) - CNPJ: 20.905.865/0001-04
Topo